Transplante Capilar VS Implante Capilar

Transplante Capilar VS Implante Capilar

Transplante capilar vs. Implante capilar: qual o mais vantajoso?

Saberia o que escolher na hora da decisão? Conheça a melhor opção.

 

Neutralizar as evidências da calvície, que teima em instalar-se, é uma obrigatoriedade nos dias que correm. E desenganem-se os que julgam que se trata de uma pura questão estética: vai muito para além disso. Uma boa saúde capilar pode ser meio caminho andado para uma boa autoestima e uma maior bem-estar dermatológico, podendo evitar cancros de pele e depressões, entre outras maleitas graves. Imagine então que, ao procurar a ajuda de um especialista, lhe é sugerido que faça um implante capilar ou um transplante capilar. Saberá o que escolher? Deixe-nos dar-lhe uma ajuda a decidir a melhor opção.

 

Transplante Capilar

O transplante capilar caracteriza-se pela retirada de folículos capilares de zonas mais densas do couro cabeludo, que depois são implantadas nas regiões mais despidas do escalpe. Normalmente, faz-se a extração a partir da nuca ou das laterais, para implantar depois no topo da cabeça.

Graças à tecnologia ARTAS®, presente em exclusivo na Clínica Saúde Viável, agora é muito mais fácil fazer um transplante capilar. Eis o procedimento: através de algoritmos matemáticos, o robot ARTAS® identifica os folículos capilares em melhor estado e em zonas de maior densidade para que possam ser extraídos e, mais tarde, implantados nas regiões mais despidas. Uma vez que falamos de cabelos do próprio recetor, é impossível que exista rejeição e os fios capilares viverão como os outros cabelos presentes no couro cabeludo, crescendo a um ritmo natural. Os resultados são visíveis cerca de seis e oito meses após a intervenção.

 

Implante Capilar

Um implante capilar é a simples colocação de cabelos artificiais em folículos já mortos, o que significa que, embora os efeitos sejam imediatamente notados e não seja necessária uma recolha em área dadora, os cabelos nunca crescerão. Caso um destes cabelos sintéticos caia ou seja arrancado, a única solução é tornar a colocar novo cabelo sintético. Existe ainda a hipótese de estes cabelos artificiais serem rejeitados ou de causar infeções no couro cabeludo – esta possibilidade também existe no caso de os cabelos implantados serem de outra pessoa. Há até quem diga que, ao fazer um implante capilar, o paciente está a fazer aumentar a sua propensão para contrair cancro.

 

Por todos estes motivos, e por querermos sempre o melhor para si, a Clínica Saúde Viável opta por não disponibilizar o serviço de implante capilar aos nossos clientes.

 

Contacte-nos para marcar uma consulta de avaliação gratuita.

Saiba mais sobre o ARTAS®

 

artas-robot

sidebar_badge_oferta